quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Dia do músico ao som de Albinoni e Luiz Bonfá - bom demais!


Minhas homenagens aos músicos no dia de hoje vai por meio desse vídeo maravilhoso postado abaixo. Nada mais, nada menos, do que o belo Adágio em Sol Menor de Tomaso Giovanni Albinoni, compositor barroco, italiano de Veneza, que viveu de 1671 a 1751, reconhecido pelo sua extraordinária capacidade de compor belas melodias, chegando a ser tão popular quanto Corelli e Vivaldi.


No universo da música popular, minhas homenagens seguem por essa apresentação inigualável de Luiz Bonfá, um dos nossos maiores músicos e instrumentistas, que conquistou o mundo, graças exclusivamente ao seu talento. Quem ainda não sabe disso, ou quem ainda tem alguma dúvida sobre a genialidade desse músico, basta “perder” pouco mais de dez minutos para entender porque os americanos valorizaram tanto esse brasileiro.
Hoje não é dia de ler muito, mas sim de ouvir bastante, por isso, deixo as amigas e os amigos do blog com esses dois vídeos, que falam por si só. Quem tiver um pouquinho mais de paciência, pode rever o post do ano passado, clicando aqui. O primeiro vídeo acima foi uma dica do músico Gamela, que é um instrumentista e amigo de grande valor.
Viva os músicos!


3 comentários:

  1. Esse Adagio é uma canção celestial, feito prá ouvidos angélicos....E prá nós, que somos filhos de Deus, esse violão maravilhoso de Bonfá, que ressoa no fundo da alma brasileira e latina....Belos vídeos, José!!! Viva a Música e os músicos, que trazem algo do céu para a terra....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mestre Itaney. Esse Adágio é de arrepiar. Eu perguntei ao Gamela o que ele gostaria de ouvir no Dia do Músico. Ele não teve dúvida: Adágio, de Albinoni. O Luiz Bonfá foi escolha minha mesmo, em homenagem ao próprio Gamela e a todos os músicos. Bom demais, né? Abraço e obrigado por mais esta participação, sempre muito sensível.

      Excluir
  2. Belíssimas escolhas p/ uma homenagem tão especial . Ouvindo relembro o Nélio cantando: Manhã linda manhã, o Jorge no violão . Saudades...A música é uma viagem da nossa alma até o céu,e cada um divaga em seus mistérios silenciosos, ficamos meio suspensos. Maravilha...

    ResponderExcluir