quinta-feira, 3 de março de 2011

O poder da melodia e o talento de Ocelo

Há três anos, meu amigo e músico Ocelo Mendonça, marido de Solange Nunes, grande amiga jornalista, disse que gostaria de colocar melodia em um texto poético de minha autoria. Aceitei o desafio e envie-lhe alguns versos sobre o tema “desvario”. Ocelo, que toca violoncelo na Orquestra Nacional do Teatro Cláudio Santoro – além de violão, sax, flauta, viola, violino e piano – não apenas elaborou a melodia, como gravou a música tocando todos os instrumentos, acompanhando a bela voz do cantor Leonel Laterza.
Ocelo e sua flauta
Ocelo é arranjador e professor de música da Escola de Música de Brasília. Toca nas noites brasiliense, ao lado de artistas como Myrla Muniz, Eduardo Rangel e o próprio Laterza, entre outros. Deus lhe deu, além do talento artístico, uma paz interior invejável. É uma pessoa leve, suave. Como diriam os jovens de hoje: uma pessoa do bem.
Quem o conhece sabe disso, e pode dar seu testemunho. Para aqueles que nunca ouviram falar em Ocelo, sugiro ouvir a música Desvario, postada abaixo, e sentir a suavidade da melodia e a beleza da flauta e do violão de Ocelo. 
A letra é uma brincadeira para obrigar o verdadeiro artista a exercitar seus talentos. Confiram.

DESVARIO
Ocelo e José Carlos Barroso

Hoje em meu desvario
Vou perguntar aos céus
Qual será meu desafio
Na hora do último adeus

Vou perguntar ao tempo
Que é senhor da razão
Se amanhã o sofrimento
Será menor que a paixão

Vou perguntar às paredes
Se devo ouvir e calar
Palavras que matam a sede
Escondem o sentido do verbo amar

Não quero um novo dia
Antes d’a noite chegar
A lua tem como agonia
Os raios do sol a brilhar

Não quero em meu desvario
Notas de dor, compaixão
Se choro aumenta o frio
Se canto chega o verão

É noite já vem o dia
É dia já vai escurecer
Faz tempo essa agonia
Meu desvario vai adormecer...


2 comentários:

  1. Zé, que beleza! Você e Ocelo, o homem-música, então, hein? A interpretação do Leonel, como sempre, supimpa! Adorei. Obrigado.

    Palavras que matam a sede... (Concordo!)

    Abraço e tudo de bom.

    Douglas

    ResponderExcluir
  2. Que linda letra e bela música. Essa não tinha percebido no Blog (me passou). Fazer parceria com seus amigos músicos é um caminho para extravasar sua arte, suas letras,que nos encanta. Doces versos e melodia. Parabéns para a parceria.

    ResponderExcluir